Projeto PimPin realiza a oficina “Expressões da Sexualidade e Diversidade” com adolescentes do CESAM-DF

Ontem (17), o Projeto Pimpin realizou a oficina “Expressões da Sexualidade e Diversidade” na escola CESAM. Foi a sessão inaugural do programa do curso de Serviço Social em parceria com a Psicologia do IESB.

O encontro aconteceu no período vespertino e trouxe temas como sexualidade, virgindade, papéis e estereótipos de gênero, como machismo no namoro, feminicídio e violência doméstica; afetividade, orientação sexual, identidade sexual, relações interpessoais, assertividade, além da autoestima e autoconceito para serem debatidos entre os jovens. Destaca-se a participação na atividade dos estagiários do IESB, Rafael Braga, do curso de Psicologia, e Adriana Xavier, Serviço Social, com a construção de um discurso livre de preconceitos e a metodologia de trabalho com o grupo, com dinâmicas.

Sess-o-Inaugural-PimPin-Adolescentes-CESAM-6.JPG

“Há um gap, uma lacuna de informações sobre sexualidade a partir de um prisma científico, de abordagem humanizada e não julgadora de comportamentos”, explica a professora Liliane Fernandes, ao constatar alguns desconhecimentos básicos dos adolescentes em relação às questões sexuais. Algumas perguntas feitas pelos jovens foram bastante complexas e permearam assuntos delicados, como “Como contar aos meus pais que perdi a virgindade?”. Os estagiários do IESB responderam a todas com bastante serenidade e discernimento dos assuntos.

Ao final do encontro, os alunos do CESAM-DF puderam tirar suas dúvidas a respeito dos cursos de Psicologia e Serviço Social do IESB, em que pôde-se desmistificar alguns estereótipos e explicar como funciona o trabalho do Núcleo de Acolhimento a Comunidade, da Clínica de Psicologia. Ainda, quais os locais que o profissional se insere no mercado de trabalho depois de formado, preço da mensalidade no IESB, duração do curso, entre outras informações.

Por Laura Maria


Compartilhe: