Exame da OAB sem complicação

O IESB oferece plataformas de estudos para melhorar o desempenho dos estudantes em todas as fases da prova.  A 2ª etapa exigirá conhecimentos específicos por área e redação de peças. 

Com provas marcadas para este domingo (21/1), às 13h, a segunda fase do XXIV Exame de Ordem exigirá habilidade na redação de peça profissional e na resposta de questões dissertativas. Na semana que antecede o exame, a coordenadora do curso de Direito do Centro Universitário IESB, professora Any Ávila explica como se preparar para a prova, que exige treinamento de questões e peças, leitura contínua de enunciados e competência por assuntos, além de atenção a detalhes, como datas, condições de vítimas, réus, contribuintes ou localidades.

Mais do que conhecimento prévio de assuntos relacionados à área escolhida, a especialista acredita que a repetição é uma técnica fundamental para o sucesso e aconselha: “Faça, no mínimo, duas peças por dia escritas à mão”. Segundo a professora Any Ávila, “Quanto mais peças forem escritas, estudadas, analisadas e examinadas, maior será a sua capacidade de compreender a demanda, identificar a solução e encontrar a peça-resposta cabível”. 

Treinamento intensivo

Dedique uma hora por semana para conhecer súmulas, súmulas vinculantes e jurisprudência consolidada das áreas, pois, em exames anteriores, candidatos que mencionaram súmulas obtiveram pontuação diferenciada. “Não é necessário gastar horas buscando jurisprudência em sites. Na plataforma de estudos online EdJur, disponível no Blackboard do IESB, nos tópicos Residência de Peças Processuais e Aulas Temáticas, é possível encontrar uma série de temas e discussões. Alguns Códigos ou Vade Mecuns específicos por área já possuem súmulas organizadas por assunto”, pontuou.

resolução prévia de exercícios pode ser uma aliada importante: analise o que está sendo cobrado na questão ou no enunciado da peça. “Além do apoio de professores, o EdJur disponibiliza aulas e fóruns de discussão”, lembrou.

Para a produção da peça processual, é importante observar a caligrafia e evitar sinais de identificação na prova. “Capriche na letra, pois este será o meio de comunicação entre você e o examinador. Não é permitido assinar a peça, nem simular um número de OAB”, alertou a professora Any.

Técnica e conhecimento são palavras-chave para o êxito no exame. “É preciso obedecer às exigências da banca examinadora e resolver a prova dentro dos parâmetros. Lembre-se de utilizar o fundamento legal, como citações de artigos”, concluiu. 


EdJur
 

O EdJur, o Exame de Desempenho Jurídico, é uma plataforma de estudos online disponível para acesso pelo Blackboard, totalmente voltada ao Exame da Ordem, 1ª e 2ª fases, e corresponde a uma disciplina de extensão na modalidade de Educação a Distância (EaD) para os alunos do IESB. Salas de aula online, fóruns, chats, webconferências, conteúdos jurisprudenciais e doutrinas, correção de peças, simulados, exercícios, atendimento aos alunos e encontros presenciais fazem parte das possibilidades da plataforma. Para tornar a plataforma ainda mais interativa, é possível acessar por meio de dispositivos móveis, como smartphones e tablets.

Com foco na preparação para o exame da OAB, o EdJur conta com professores qualificados para auxiliar a interação no sistema. É o caso do professor Antônio Roger de Aguiar, do curso de Direito, um dos apoiadores do curso de extensão. Segundo ele, “é possível explorar tudo que o Blackboard oferece, como discussões sobre as regras do edital e jurisprudências mais cobradas. É um suporte a mais nos estudos, com dicas e estratégias de estudos e glossários jurídicos”. No EdJur, há mais de 2 mil alunos com acesso à disciplina desde o início do curso de Direito. 

Exame da OAB 

A plataforma Exame da OAB do IESB está disponível para os alunos do IESB gratuitamente e, hoje, conta com mais de 3 mil estudantes cadastrados. O criador do EduQC e responsável pela plataforma Exame da OAB, Victor Maia, explica que, com a utilização da ferramenta de estudos, a taxa de aprovação é superior a 40%, acima da média nacional. “Os estudantes terão acesso, de qualquer lugar e a qualquer hora, pelo smartphone ou tablete, a todas as provas já realizadas em todos os Exames da OAB desde 2010”, disse.

Como diferencial, Victor destaca que o sistema é o único que calcula as chances de aprovação no Exame de Ordem. Levando em consideração as particularidades do aluno, a plataforma Exame da OAB determina um plano individual de estudos variável ao definir pontos fracos e fortes. “Existe um sistema de inteligência artificial que determina o escopo de estudos para que o aluno obtenha a máxima pontuação dentro do tempo disponível. Com base nos resultados obtidos, a plataforma mostra como alcançar o seu objetivo e apresenta a disciplina que o usuário tem mais chance de passar na segunda fase”, afirmou.

Dia de prova

Os estudantes do IESB realizarão as provas do Exame da Ordem, das 13h às 18h, nas unidades do Centro Universitário Euroamericano (Unieuro) da Asa Norte (SGAN 916), e em Águas Claras, na Avenida Castanheira - lote 3700. 

 

Anny Cassimira


Compartilhe: