Cátedra UNESCO IESB

Os projetos sociais e de pesquisa do IESB recebem o apoio da UNESCO com a criação da Cátedra Desafios Sociais Emergentes desde 2008 e, recentemente, a participação do IESB no programa foi renovada por mais dois anos. O Programa de Cátedras é uma iniciativa das Nações Unidas para o desenvolvimento de uma rede de transferência de conhecimentos, pesquisa e extensão.

HISTÓRICO DA CÁTEDRA IESB
SOBRE DESAFIOS SOCIAIS EMERGENTES

A preocupação com o desenvolvimento da comunidade local sempre foi um dos pilares do Centro Universitário IESB. Tanto que, desde 2008, os projetos sociais da instituição passaram a receber o apoio da UNESCO com a criação em Ceilândia da Cátedra Desafios Sociais Emergentes. O acordo entre a UNESCO e o IESB acaba de ser renovado.

Por meio da Cátedra UNESCO, o IESB promove um sistema integrado de pesquisa, formação, informação e documentação no domínio dos novos desafios sociais, com enfoque na comunidade de Ceilândia.

“Temos muito orgulho deste reconhecimento da UNESCO em relação aos trabalhos sociais e pesquisas que estamos desenvolvendo desde a fundação da nossa instituição. Entendemos que o impacto na vida dos alunos se faz sentir também por meio da formação de valores humanos de solidariedade, cooperação, ética e respeito. Por isso, o IESB tem este comprometimento entre nossos colaboradores, docentes, estudantes e sociedade civil, de entender que, juntos, podemos alcançar o objetivo primeiro do saber acadêmico: a construção de um mundo melhor”, afirma a professora Eda Machado, fundadora do IESB e diretora da Cátedra na instituição.

Professora Eda conta como tudo começou:

Eda Machado, fundadora do IESB e diretora da Cátedra na instituição

“Em 1994, quando eu voltei a trabalhar na Universidade de Brasília, os Professores Paulo Guimarães e Maria Rosa Magalhães me deram a incumbência de coordenar a Cátedra UNESCO sobre Educação a Distância. Aceitei o desafio e fiquei, de setembro de 1994 a julho de 1999, realizando um trabalho que me rendeu prêmios”.

“Em 2005, o Conselho do IESB decidiu propor à UNESCO a criação de uma Cátedra UNESCO sobre Desafios Sociais Emergentes. Foi feita uma reunião com a participação de Edson Machado de Souza, Célio da Cunha e Eda Machado”.

Em seguida àquela reunião, ficou decidido quais seriam a filosofia e os objetivos da Cátedra e que o pesquisador e Dr. Divonzir Gusso elaboraria o projeto a ser submetido à UNESCO.

“Pouco tempo depois, o Diretor Adjunto da UNESCO, Doutor Márcio Barbosa, veio à Brasília e fizemos um almoço de trabalho, em que participaram, também, Edson Machado, Célio da Cunha e o representante da UNESCO no Brasil, Dr. Vincent Defourny, grande apoiador da criação de uma Cátedra no IESB e que ajudou a dar nome a ela”.

Alguns meses depois, o Dr. Heitor Gurgulino de Souza, que era do Conselho Superior do IESB e Eda Machado, tiveram que ir a uma reunião do Clube de Roma, e passaram por Paris, a fim de conversar com o Diretor de Educação da UNESCO e solicitar a autorização da Cátedra.

Em 2010, com o início das atividades do IESB Oeste, a Cátedra foi transferida para o Campus Liliane Barbosa, em Ceilândia.

Muitos projetos foram realizados com a participação da comunidade de Ceilândia e de Brasília: Projeto Fortalecimento de Vínculos Familiares; Projeto Fênix – em parceria com a Defensoria Pública; Projeto Letrar Cidadania; Projeto Inclusão Digital; Projeto Letramento Interventivo.

Eda C. B. M. de Souza

E-mail para contato: catedraunesco@iesb.br

ASSISTA AO VÍDEO

METAS DA CÁTEDRA DESAFIOS SOCIAIS EMERGENTES

Objetivos Gerais

  • Estabelecer um ambiente de pesquisa e projetos interdisciplinares;
  • Fortalecer conhecimentos acerca de temas relacionados a Educação, Meio Ambiente e Justiça Social.

Objetivos Específicos

  • Disseminar a Cultura da Cátedra UNESCO no IESB;
  • Estimular discentes da graduação e da pós-graduação na realização de pesquisas;
  • Promover e incentivar cursos, seminários, eventos científicos e atividades de pesquisa, ensino-aprendizagem, documentação e disseminação de informações acerca dos temas de educação, meio ambiente e justiça social;
  • Relacionar as linhas de iniciação científica/pesquisa dos cursos de graduação e pós-graduação às temáticas da Cátedra;
  • Firmar parcerias com outras instituições de ensino em âmbito nacional e internacional para intercâmbio de pesquisas, projetos e ações relacionados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

CONSELHO CÁTEDRA IESB

▪️ Professora Dra. Eda Coutinho Barbosa Machado de Souza – Fundadora do IESB e diretora da Cátedra na instituição;

▪️ Professor Dr. Luiz Claudio Costa – Reitor do Centro Universitário IESB;

▪️ Elany Leão – Sócia Fundadora da Empresa Indústria do Conhecimento;

▪️ Professora Mirela Berendt – Diretora do Campus Liliane Barbosa – Ceilândia/DF.

CÁTEDRAS UNITWIN/UNESCO

Lançado em 1992, o Programa de Cátedras UNITWIN/UNESCO, que envolve mais de 700 instituições em 116 países, promove a cooperação interuniversitária internacional e o trabalho em rede para melhorar as capacidades institucionais por meio do compartilhamento de conhecimento e do trabalho colaborativo.

O programa apoia o estabelecimento de Cátedras da UNESCO e das Redes UNITWIN nas principais áreas prioritárias relacionadas aos campos de competências da UNESCO – ou seja, na educação, nas ciências naturais e sociais, na cultura e na comunicação.

Por meio desta rede, instituições de ensino superior e pesquisa de todo o mundo reúnem seus recursos, tanto humanos quanto materiais, para enfrentar desafios prementes e contribuir para o desenvolvimento da sociedade. Em muitos casos, as redes e as Cátedras têm pensadores que constroem pontes entre a academia e a sociedade civil. As Cátedras contribuem para documentar decisões políticas, inovar e fortalecer programas universitários existentes.

OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL – ODS

Um pouco de história:

Em 1992 na cidade do Rio de Janeiro, foi realizada a Conferência Eco-92 ou Rio-92. Este evento é considerado um marco na história, pois foi a primeira Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento. Em continuidade, as preocupações mundiais sobre desenvolvimento sustentável, em 2002, em Joanesburgo, na África do Sul, ocorreu a Rio+10.

Em 2012, o Rio de Janeiro sediou novamente a Rio+20, resultando no documento “O futuro que queremos”. Este documento fundamentou a origem dos 17 ODS formalizados na Cúpula de Desenvolvimento Sustentável da ONU em 2015.

ODS

A ONU estabeleceu 17 objetivos até o ano de 2030. Esse plano global está voltado principalmente para a erradicação da pobreza, proteção ambiental e um mundo mais igualitário.

Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU

PIC Cátedra UNESCO

O Programa Institucional de Iniciação Científica (PIC) – Cátedra Unesco deste ano terá como tema os “Desafios Sociais Emergentes: Justiça Social, Meio Ambiente e Cidadania”. O objetivo é promover um sistema integrado de investigação, formação, informação e documentação no domínio dos desafios para incentivar o desenvolvimento de pensamento crítico e prática de pesquisa em estudantes dos cursos de graduação do IESB. Aos interessados, inscrições abertas até 15 de outubro.

Editais

CONHEÇA AS PESQUISAS NA REDE DA CÁTEDRA
DESAFIOS SOCIAIS EMERGENTES

Estudante: Fabiano Rabêlo Mendonça

Tema: Direito à Educação: Perspectivas Quanto ao Ensino de Direitos Humanos na Escola Agrícola de Formosa Lucila Saad Batista. 

Palavras-chaves: Educação; Direitos Humanos; Escola Agricola

Para visualizar a pesquisa na íntegra, clique aqui.


Estudante: Flávia Dias Chalita Teixeira

Tema: Maternidade no cárcere e os órfãos da liberdade

Palavras-chaves: Mulheres Grávidas Presas; Mães Encarceradas; Habeas Corpus Coletivo

Para visualizar a pesquisa na íntegra, clique aqui.


Estudante: Jair Vanderlei Krewer

Tema: A pessoa com deficiência sob a tutela penal: um estudo sobre o tratamento do apenado com deficiência no sistema carcerário brasileiro.

Palavras-chave: Pessoas com Deficiência; Sistema Carcerário; Dignidade da Pessoa Humana

Para visualizar a pesquisa na íntegra, clique aqui.


Estudante: José Henrique Ferreira Bona

Tema: A proteção social do preso civil na concessão do auxílio-reclusão no ambiente carcerário do Distrito Federal

Palavras-chave: Auxílio-reclusão; Preso Civil; Não Efetivação; Direitos Sociais

Para visualizar a pesquisa na íntegra, clique aqui.


Estudante: Rafael Mesquita da Rosa

Tema: Núcleos de práticas jurídicas como instrumentos de justiça social: uma análise do funcionamento do NPJ do Centro Universitário IESB na concreção do acesso à justiça

Palavras-chaves: Acesso à Justiça; Núcleo de Práticas Jurídicas; Justiça Social; Hipossuficiente

Para visualizar a pesquisa na íntegra, clique aqui.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo do seu interesse. Ao acessar nossas páginas, você concorda com tal monitoramento. Conheça nossa Política de Privacidade.