O entendimento entre pessoas de diferentes culturas é fundamental para um diálogo construtivo os países, diz especialista

Na última sexta-feira (30), foi ao ar a segunda live sobre a qualificação de Formação Avançada de Negócios com a China, um projeto do Centro Universitário IESB em parceria com a Universidade de Coimbra, em Portugal. No bate-papo intitulado “A cultura chinesa no contexto das parcerias comerciais”, sob mediação do prof. Luiz Cláudio Costa, reitor do IESB, foram discutidos os conhecimentos sobre a cultura, economia e comércio do país.

A live contou com a presença da profª doutora Cristina Zhou, diretora-executiva do Instituto Confúcio da Universidade de Coimbra, do Centro de Estudos Chineses (CASS-UC) e do Centro BFSU-UC de estudos Sinú-lusófonos, departamento criado a partir da parceria entre a Universidade de Coimbra e a Universidade de Estudos Estrangeiros de Pequim, e do vice-reitor de relações internacionais e professor da faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, Prof.º Doutor João Nuno Calvão.

Cristina Zhou destacou a importância da compreensão acerca de diferentes culturas e idiomas, o destaque da China no cenário econômico mundial e a flexibilização de parcerias comerciais, sobretudo com o Brasil. “O entendimento profundo entre as pessoas de diferentes culturas é fundamental para um diálogo construtivo entre os países”, afirmou. “Uma coisa é certa: o crescimento econômico da China nos últimos tempos não é um fenômeno isolado, o país precisa manter a porta aberta ao mundo”, destacou a diretora-executiva do Instituto Confúcio da Universidade de Coimbra, do Centro de Estudos Chineses (CASS-UC). A especialista irá ministrar as aulas de Língua, Cultura e Literatura Chinesas, que iniciarão em 10 de maio.

O Prof.º Doutor João Nuno Calvão comentou que a parceria entre o IESB e a Universidade de Coimbra, por meio da Formação Avançada de Negócios com a China, será uma ótima experiência de troca entre universidades brasileiras, chinesas e portuguesas. As matrículas para a formação encerram em 7 de maio, clique aqui e saiba mais. [ Notícias - IESB e Universidade de Coimbra lançam curso de qualificação sobre negociações com a China ]

Sobre o curso

Serão 60 horas de conteúdo síncrono - ou seja, com conferências expositivas entre professores e alunos em tempo real -, realizadas de forma remota, sendo 40h ministradas por professores de Coimbra e outras 20h por profissionais do IESB. O valor do curso é R$ 1.500,00, será aberto para todos os públicos e pode ser parcelado em até três vezes.

Matrículas

As matrículas poderão ser realizadas até o dia 7 de maio. Há programas de desconto: quem se inscrever para uma vaga entre 30/04 e 07/05, contará com 20% de desconto no valor total do curso. Alunos IESB terão 50% no valor da qualificação. Os horários serão os mesmos para todas as aulas, que ocorrerão de segunda a sexta, entre 18h e 20h, a partir do dia 10 de maio. Serão quatro módulos (A, B, C e D.

Confira a seguir os temas abordados em cada fase do curso:

A - Língua, Cultura e Literatura Chinesas, 10 a 14 maio, coord. Prof.ª Doutora Cristina Zhou, UC (10 horas);
B – Direito Comercial, Contratos e Arbitragem Internacional, 17 a 28 maio, coord. Prof. Doutor Antônio Pinto Monteiro e Prof. Doutor Pedro Maia, UC (20 horas);
C – Economia e Comércio Internacional, 31 maio/1, 2, 7 e 8 junho, coord. Prof. Doutor Luís Pedro Cunha, UC (10 horas);
D – A Prosperidade Econômica da China – Evolução e Prognóstico para a Próxima Década, 9 a 22 junho, coord. Prof.ª Doutora Tatiana Prazeres, IESB (20 horas).

Por Vitória Silva



Compartilhe: